Faleceu o Doutor Fernando Guedes (1929-2016)

Faleceu o Doutor Fernando Guedes (1929-2016)

A APIGRAF manifesta o seu pesar pelo falecimento do Doutor Fernando Guedes, que recordará sempre pelo relevante contributo para o panorama cultural nacional, insusceptível de tradução nas sempre escassas palavras de uma notícia.

Nome facilmente reconhecível pela sua ligação à Editorial Verbo, que fundou e dirigiu, Fernando Guedes ficará para sempre associado à Cultura, não só como convicto promotor mas também como autor.

Com uma apurada sensibilidade, que na vertente gráfica ficaria marcada pela exploração na área da pintura, Fernando Guedes expressava-a também na poesia, com a necessária referência à revista Távola Redonda, de que também foi fundador.

A independência intelectual patenteada na revista Tempo Presente e as facetas de ensaísta e historiador são recordadas por quantos o acompanharam ao longo de uma vida intensa, na qual havia ainda lugar para o trabalho numa multiplicidade de organizações que seria fastidioso enumerar. Destacamos tão só a Direção do Grémio Nacional de Editores e Livreiros, e depois da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, a Presidência da União Internacional de Editores, a consultoria na CEE e na Unesco e a fundação da Sociedade Científica da Universidade Católica Portuguesa.

O reconhecimento seria expresso de múltiplas formas, entre as quais  o Prémio Antero de Quental, o Prémio Nacional de Poesia, o Prémio Calouste Gulbenkian de História Moderna, a Medalha de Mérito Cultural e os graus de  Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, Comendador da Ordem Equestre de S. Gregório Magno e Oficial da Ordem das Artes e das Letras.

Categorias: Notícias