FESPA toma medida sobre o Corona Vírus (COVID-19)

FESPA toma medida sobre o Corona Vírus (COVID-19)

COMUNICADO DA FESPA:
“A FESPA Global Print Expo 2020 ocorrerá conforme programado de 24 a 27 de março de 2020 na IFEMA – Feria de Madrid, Espanha, juntamente com as exposições European Sign Expo 2020 e Sportswear Pro 2020.
A FESPA leva muito a sério as preocupações dos expositores, visitantes e parceiros em relação ao surto de COVID-19 (também conhecido como novo coronavírus). A segurança é sempre a primeira prioridade e a FESPA deseja tomar medidas pró-ativas para minimizar os riscos para todos os participantes dos eventos de março de 2020 em Madrid. Como tal, o Conselho da FESPA e a equipa de gestão sénior estão a monitorizar ativamente todos os desenvolvimentos relacionados com o COVID-19, orientados pelas informações mais recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Empresas de Expositores da China
Com efeitos a partir de 20.2.2020, a FESPA está a contactar formalmentetodas as empresas expositoras da China nas três exposições de Madrid 2020, exigindo que elas forneçam evidências documentadas de que todos os representantes da empresa que participam das exposições, incluindo subcontratantes, não residiram ou visitaram a China em qualquer altura, após 5 de março de 2020. Isso representa um período de duas semanas anterior ao início da montagem das exposições.
A FESPA acredita que esta política pró-ativa é do interesse da saúde e do bem-estar de expositores, participantes, parceiros e funcionários (assim como do público em geral).
A FESPA reconhece a importância das exposições de Madrid 2020 para a comunidade de expositores na China e fez todos os esforços para minimizar a interrupção e o impacto nessas empresas.
As empresas expositoras da China que não respeitarem este requisito não poderão participar das exposições de Madrid 2020.

Outros expositores e visitantes
A FESPA está em contacto com todos os expositores e visitantes pré-registados nas exposições de Madrid 2020 para aconselhá-los sobre essas medidas e solicitar que não participem se tiverem visitado a China após 5 de março de 2020. Essas informações também serão publicadas no site do evento e no site principal da FESPA e comunicados por meio das Associações Nacionais da FESPA (como é o caso da APIGRAF).

Medidas no IFEMA (centro de exposições de Madrid, recinto onde vai decorrer o evento)
A FESPA está a trabalhar em estreita colaboração com a IFEMA e com as autoridades de Madrid para fornecer aos expositores e visitantes dos eventos da FESPA 2020 o apoio e a orientação relevantes.
O IFEMA possui protocolos vinculados aos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Saúde da Espanha e pelo Conselho regional de Saúde da Comunidade de Madrid em relação às ações de primeira linha a serem tomadas, caso seja detectado um caso de infecção por esse vírus dentro da comunidade, nas suas instalações.
Da mesma forma, o IFEMA aumentou as medidas de saúde adotadas e está em constante contato com as autoridades por meio de duas unidades de serviço médico, equipadas para fornecer atendimento médico imediato durante os eventos. Caso um caso seja detectado, está preparado para ativar o protocolo apropriado e encaminhar a pessoa afetada ao hospital de referência para observação e atenção.
Além disso, as outras medidas preventivas da IFEMA incluem a expansão da sinalização para as duas unidades de serviços médicos, para que as pessoas que participam de um evento estejam cientes de sua existência e sejam mais capazes de localizá-las, se necessário.
A disseminação das recomendações da OMS também foi reforçada e estas são visíveis em todos os pontos estratégicos da passagem, onde também são fornecidos o local e o número de telefone de emergência do Serviço Médico da IFEMA.
As medidas de higiene em diferentes partes das instalações também foram implementadas e ampliadas, fornecendo aos assistentes dispensadores de sabão sanitário, conforme recomendado pela OMS, além de reforçar os serviços de limpeza das instalações.”