Primeiros Socorros (Curso Básico)

Back to homepage Primeiros Socorros (Curso Básico)

O empregador deve estabelecer as medidas em matéria de primeiros socorros e formar, em número suficiente, os seus trabalhadores responsáveis pela aplicação dessas medidas, além do facto de ser obrigatória uma estrutura interna que assegure as atividades de emergência e primeiros socorros (n.º 9 do art. 15.º, n.º 3 do art. 20.º e n.º 1 do art. 75.º da Lei n.º 3/2014 de 28 de janeiro, que aprova o regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho).

OBJETIVOS:

Difundir conhecimentos gerais de primeiro socorro para que o formando fique habilitado para identificar as situações e executar as técnicas de primeiros socorros adequadas, visando a estabilização da situação de uma vítima de acidente ou doença súbita até à chegada dos meios de socorro.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS:

Sistema Integrado de Emergência Médica | Princípios Gerais do Socorrismo | 4 Passos em Primeiros Socorros | Suporte Básico de Vida | Hemorragias | Feridas | Queimaduras | Avaliação.

DESTINATÁRIOS:

Colaboradores das Empresas.

7 horas de formação

VALOR DA INSCRIÇÃO PARA:
675,00 € para 10 formandos (67,50€ por formando).
Desconto para Associados: 3% sobre o valor indicado.

Pagamentos:
Pagamento a 30 dias da data da fatura, a emitir após a realização da ação.
Deslocações: gratuitas até um raio de 50km.

Comprovativo de Associado APIGRAF:
No ato de pagamento / faturação de ações nas modalidades em referência deverá a empresa comprovar a sua condição de associada da APIGRAF através da apresentação do Cartão de Associado ou de uma declaração da APIGRAF a atestar a sua qualidade de associado;
Deve entregar fotocópia do Cartão de Associado ou da Declaração da APIGRAF para anexar ao processo;
O desconto não será aplicável caso se registe a ausência da cópia do Cartão de Associado ou da Declaração da APIGRAF.

Este curso confere:
Certificado de Formação (após aproveitamento);
Cartão de Socorrista (após aproveitamento);
Manual de apoio.

Observações:
Este curso não confere competências para operacional DAE – Desfibrilhação Automática Externa;
Trazer documento de identificação no primeiro dia de formação;
É recomendado o uso de vestuário e calçado práticos;
Limite de faltas: 1 hora;
Curso válido por três anos.